• 09.03.2017 – Alerj aprova criação de núcleo de homicídios contra agentes de segurança

    Objetivo é prevenir, reprimir e apurar crimes contra vida de policias civis e militares, além de bombeiros e agentes penitenciários

    O DIA
    Deputado Paulo Ramos

    Deputado Paulo Ramos

    Rio – A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, na tarde desta quinta-feira, a criação de um núcleo de homicídios contra agentes de segurança pública. Segundo o texto do projeto, o objetivo é prevenir, reprimir e apurar a autoria e dimensão dos crimes contra a vida de policias civis e militares, além de bombeiros e agentes penitenciários.

    A autoria da proposta é dos deputados Paulo Ramos (Psol), Zaqueu Teixeira e Martha Rocha (ambos do PDT), Wagner Montes (PRB), Zito (PP), Iranildo Campos (PSD) e Jorge Felippe Neto (DEM). A proposta ainda será votada em uma segunda discussão.

    Um dos autores, deputado Zaqueu Teixeira (PDT) diz que os dados levantados pela CPI das Mortes dos Policiais da Alerj apurou que o risco de exercer a função do policial é dez vezes maior que o risco que um cidadão comum corre ao exercer sua atividade.

    “Estamos vivendo um período em que os policias praticamente estão sendo caçados, temos um número de morte muito grande desses agentes. É preciso deixar claro que não haverá impunidade quando houver homicídio praticado contra esses agentes de segurança, que esse delito será apurado, os autores identificados e levados a justiça”, afirmou o parlamentar.

    Fonte: Site do jornal O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Current ye@r *