• 01-08-2017 – Falsos democratas, aqui no Brasil, a chamada classe dominante, o capitalismo internacional, manipula, e o faz, obviamente, através dos meios de comunicação.

    O SR. PAULO RAMOS (Para discutir a matéria) – Sr. Presidente, me preparei para debater dois Projetos na Ordem do Dia que tratam da questão da comunicação ou da liberdade de expressão, e vejo que vai terminar a Sessão por falta de quórum.

    Então, venho à tribuna para dizer que li que a TV Globo completa 92 anos. Cheguei a elaborar uma Moção de Repúdio, porque todos nós sabemos que a liderança da TV Globo, ou do Sistema Globo, na manipulação da informação abrange praticamente todos os canais abertos de televisão.

    Era um projeto do Deputado Dica que ia entrar na pauta, obrigando a explicitação no contrato de regras etc. a TV por assinatura. Sabemos que na TV fechada, ainda um ou outro canal explicita o contraditório. A TV Comunitária, por exemplo. Mas um grande número de canais pertence ao sistema Globo.

    Eu ia tratar da liberdade de expressão, na questão da República Bolivariana da Venezuela. Aqui, o pessoal cobra uma Constituinte para fazer a reforma política, exclusiva para reformar a Constituição. Os eleitos para uma constituinte nem poderão concorrer a outra eleição para o Parlamento – o Brasil vive uma crise política – e na Venezuela há uma crise política e o que faz o Presidente Nicolas Maduro? Ele convoca uma Assembleia Nacional Constituinte para elaborar uma Constituição que será submetida, após a conclusão dos trabalhos, a um referendo popular.

    A oposição venezuelana, patrocinada pelos grandes meios de comunicação, a começar pelo sistema Globo, diz que não quis participar. Diz que tem a maioria e que a vontade da população venezuelana é que o Governo seja deposto e não participa da eleição. Aliás, em pleito anterior, quando vivo estava o Presidente Hugo Chaves, a oposição não participou e depois se arrependeu. Ora, se tem maioria, se defende a vontade popular, por que não participou da eleição da eleição de uma Constituinte exclusiva para elaborar uma nova Constituição, que ainda será submetida a um referendo popular.

    Então, venho a esta tribuna para dizer que os falsos democratas, aqui no Brasil, a chamada classe dominante, o capitalismo internacional, manipula, e o faz, obviamente, através dos meios de comunicação. Como o sistema Globo faz 92 anos, eu não quis submeter meus pares à subscrição de uma moção de repúdio, mas venho aqui manifestar o meu repúdio à manipulação de informação, a uma condução escusa daquilo que não representa a vontade verdadeiramente popular na Venezuela e dizer: Salve a República Bolivariana da Venezuela! Salve a Constituinte convocada pelo Presidente Maduro!

    Muito obrigado.

    Fonte: Site da Alerj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *