• REDUC: COMISSÃO DE TRABALHO CONSTATA QUADRO DE ABANDONO NA REFINARIA

    Os deputados Paulo Ramos e Gilberto Palmares – Foto: Octacílio Barbosa

    Simão Zanardi, presidente do Sindicato dos Petroleiros – Foto: Octacílio Barbosa

    A Comissão de Trabalho da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), constatou quadro de abandono na Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), da Petrobras, durante vistoria realizada nesta terça-feira (17/10). A visita aconteceu após denúncias do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro) e da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) sobre aumento de acidentes na unidade após a redução de efetivo. Os deputados vão solicitar à empresa informações mais detalhadas e cobrar um calendário de manutenção da unidade.

    “Queremos verificar as informações apresentadas e solicitar uma fiscalização mais detalhada. Se acharmos prudente, depois da análise, vamos ingressar com uma representação na Superintendência Regional do Trabalho ou agir diretamente pela Comissão, denunciando tudo aquilo que for confirmado”, afirmou o presidente da Comissão, o deputado Paulo Ramos (PSol).

    Presidente do Sindipetro Caxias, Simão Zanardi afirmou que a partir de julho deste ano, quando houve redução no efetivo, o número de acidentes aumentou. “De janeiro a junho, foram 12 acidentes com 12 vítimas. De julho até setembro foram 24 acidentes com 35 vítimas. O número triplicou quando reduziu o efetivo”, destacou. Ele lembrou ainda que um operário morreu num acidente na Reduc em fevereiro de 2016.

    O deputado Geraldo Moreira (PTN), que mora em Caxias, relatou que foram vistas tubulações e tanques em estado preocupante. “Parece uma casa abandonada, com a pintura atrasada e sem jardinagem. Sai daqui hoje preocupado. Vivo aqui e nunca assisti uma situação de tanto abandono”, disse Geraldo.

    Acidentes de trabalho

    O deputado Geraldo Moreira (PTN) – Foto: Octacílio Barbosa

    Simão Zanardi também reclamou da falta de um plano para controlar a evacuação dos trabalhadores. “A cada pequeno acidente a engenharia de segurança diz que isso potencializa um grande acidente. Estamos na iminência de acontecer um acidente industrial ampliado e falta um plano para controlar essa evacuação”, disse. Em nota, a Petrobras informou que o plano já existe e que há um simulado que é realizado uma vez por ano.

    O deputado Gilberto Palmares (PT) também afirmou que a Comissão de Trabalho vai encaminhar um ofício à Petrobras para comparar os números de acidentes de trabalho relacionados pelos sindicatos e os informados pela empresa. “A Petrobras contestou os números. Segundo a empresa, o número de acidentes foi inferior. Temos que bater essas informações. Parece uma questão pontual, mas é importante discutir a questão de segurança dos trabalhadores”, destacou.

    A Reduc

    A Refinaria Duque de Caxias, a maior do Brasil, é responsável por 80% da produção de lubrificantes e pelo maior processamento de gás natural do País. Ela também possui o maior portfólio de produtos processados. Localizada na Baixada Fluminense, a Reduc também impulsionou o nascimento de um forte polo industrial na região.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *