• SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO TRABALHO TERÁ INSTALAÇÕES REDUZIDAS PELA METADE

    Comissão de Trabalho – Foto: Rafael Wallace

    O projeto de mudança de endereço da Superintendência Regional do Trabalho (SRTE-RJ) foi tema de mais uma audiência pública da Comissão de Trabalho da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quinta-feira (19/04). Segundo servidores presentes no encontro, o prédio para onde o órgão pode ser realocado possui apenas 4500 m², pouco mais da metade das instalações atuais, que contam com 8000 m².

    Miguel Nin, auditor fiscal do trabalho, conta que o espaço do novo local não comporta todos os serviços prestados pela Superintendência. “Atendemos 2.000 pessoas por dia. A mudança vai causar um aumento no gasto público, já que será preciso alugar um segundo espaço para conseguirmos manter o mesmo nível de atendimento”.

    Palácio do Trabalho

    A SRTE-RJ está localizada no Palácio do Trabalho, no centro da capital, inaugurado em 1938. O local também é sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RJ), que propõe transferir a Superintendência para um edifício próximo ao Aeroporto Santos Dumont. De acordo com Miguel, a mudança irá prejudicar tanto os servidores quanto o público: “O Palácio fica a 300 metros do metrô, perto de muitos pontos de ônibus. Já o novo endereço fica a cerca de 1 km da estação de metrô mais próxima, e é pouco acessível para as pessoas que vêm de regiões mais distantes da cidade, pois a maioria dos ônibus que circulam por ali só vão para a Zona Sul.”

    O deputado Paulo Ramos (PDT), presidente da Comissão do Trabalho, afirmou que irá marcar uma reunião com o presidente do TRT, desembargador Fernando Antonio Zorzenon, e com o ministro do Trabalho, Helton Yomura. “Não é possível permitir essa transferência, não só pela questão histórica do prédio, mas pelos serviços que o órgão presta aos trabalhadores”, declarou. Também estiveram presentes Luiz Fernando Carvalho, da Central Sindical e Popular (CSP Conlutas), e Daniel Pereira e Marilúcia Almeida, da Associação dos Auditores Fiscais do Trabalho do Estado do Rio de Janeiro (AFAITERJ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *