• PAULO RAMOS COBRA EXPLICAÇÕES SOBRE DENÚNCIAS DE FRAUDES NO SETOR DE PERÍCIA DE ITAGUAÍ

    ..

    O presidente da Comissão de Trabalho da Assembleia Legislativa do Rio, deputado Paulo Ramos (PDT), cobra explicações sobre denúncias de fraudes no setor de perícia médica da Prefeitura de Itaguaí, na gestão do prefeito Carlo Busatto Junior (MDB). A cobrança aconteceu em audiência pública da Comissão realizada no auditório do Ministério Público (MP) de Itaguaí, na última sexta-feira, dia 10, organizada pelo Movimento Unificado dos Servidores Público de Itaguaí (MUSPI).

    De acordo com lideranças do MUSPI, os servidores municipais licenciados não tiveram o atestado médico respeitado e sofreram cortes de até 80% nos salários. “Tem servidor adoecido que vai sobreviver, este mês, com R$ 174,00”, denunciou Cristiane Gerardo. Os relatos dão contas de que funcionários com laudos médicos com problemas psiquiátricos e sem condições de trabalhar são colocados aptos para voltarem aos postos de trabalho. As denúncias já foram encaminhadas ao Ministério Público.

    A justificativa do Subsecretário Municipal de Gestão, Wagner Almeida, de que alguns atestados apresentados eram falsos gerou revolta nos servidores prejudicados. Paulo Ramos quis saber se todos os presentes, cerca de 60 servidores, estavam faltando com a verdade. O que casou desconforto e fez com que o subsecretário voltasse atrás.

     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *